Se todos os relógios parassem de funcionar, como saberíamos a hora exata?

O jeito seria olhar para o céu e estimar o horário pelo movimento do Sol – marcar o meio-dia quando ele estivesse a pino, praticamente sem fazer sombra, seria um bom começo.

Mas isso teria um efeito prático limitado ao local em que você vivesse. Quando fosse 12h aí em Barretos, já seriam 12h02 em Brasília, horário oficial do País.

 

Para ajustar os ponteiros com o resto do mundo, teríamos que voltar no tempo. Mais exatamente para 1884, quando se convencionou que a contagem mundial de horas teria como base o meridiano de Greenwich. A partir dele, o globo se divide em 24 faixas longitudinais, uma a cada 15 graus, delimitando os fusos horários.

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *