Nascimentos no Japão atingem novo recorde de baixa

Estatísticas do governo mostram que a população do Japão está encolhendo a um ritmo mais acelerado, já que os nascimentos atingiram um novo recorde de baixa.
O Ministério da Saúde, Trabalho e Assistência Social diz que o número médio de filhos que uma mulher dá à luz em sua vida ficou em 1,42 em 2018. Isso é um pouco abaixo do ano anterior.

Okinawa foi a prefeitura com a maior taxa de fertilidade em 1,89. Tóquio teve o menor em 1,20.

Quase 920.000 bebês nasceram no ano passado. Esse é o menor número desde que as estatísticas começaram em 1899.

Aproximadamente 1,36 milhão de pessoas morreram, o maior desde o final da Segunda Guerra Mundial.

O número de mortes menos a dos nascimentos foi de cerca de 444.000, um recorde para o décimo primeiro ano consecutivo.

O número de casais de homens e mulheres que se casaram no ano passado foi de 586.000. Esse é o menor desde o final da Segunda Guerra Mundial.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *