Morre aos 99 anos o empresário cearense fundador do grupo J. Macêdo

Morreu, na madrugada desta quinta-feira (6), o empresário cearense José Dias de Macêdo, fundador de um dos maiores grupos empresariais do País. A informação sobre o falecimento foi confirmada por um familiar. A causa da morte não foi divulgada.

Nascido em 8 de agosto de 1919, na cidade de Camocim, José Dias de Macêdo era formado em Economia pela faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal do Ceará (UFC). Foi também diretor–presidente das organizações J. Macêdo, grupo com atuação nacional criado e gerido por ele, composto por conglomerado de empresas de veículos, tecidos, equipamentos, pneus e alimentos.

Foi casado com Maria Proença de Macêdo durante 64 anos, até o falecimento dela, em janeiro 2006. O casal teve oito filhos.

Agraciado com o Troféu Sereia de Ouro em 1976, José Macêdo colecionou títulos e homenagens durante toda a vida, dentre os quais: Título Honorífico de Cidadão de Fortaleza, Destaque Empresarial, Prêmio Tendência – Setor Pioneirismo, Medalha da Abolição, Medalha do Mérito Industrial e Medalha Ivens Dias Branco.

Missa e sepultamento
O corpo de José Macêdo será velado na igreja Cristo Rei, na Aldeota, a partir do meio-dia. Uma missa de corpo presente será realizada às 15h. O sepultamento ocorrerá no cemitério São João Batista, no Centro de Fortaleza.

Homenagens
Nas redes sociais, o governador do Ceará, Camilo Santana, prestou uma homenagem ao empresário. “José Macêdo teve papel de significativa relevância para o desenvolvimento do nosso estado e serve de exemplo para futuras gerações”, disse.

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), através do presidente Beto Studart e toda a diretoria, também divulgou nota de pesar sobre o falecimento do empresário. “José Macêdo é um símbolo para a indústria nacional, por todo o trabalho realizado ao longo de seus 99 anos de existência. […] Apesar deste momento de tristeza, o que fica é a certeza de que seu exemplo e ensinamentos serão valiosos para a história do Ceará”, pontua a nota da empresa.

Fonte : Diario do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *