Escola pede desculpas após vídeo que mostra professor agredindo aluno

TÓQUIO – Uma escola pública na cidade de Machida se desculpou com um garoto após o surgimento de um vídeo que supostamente mostra um professor atacando, relata a Fuji News Network (18 de janeiro).

Em 15 de janeiro, o professor deu um tapa no rosto do menino, fazendo com que ele caísse contra a parede de um corredor. A dupla então brigou pelo chão antes que os outros alunos intercederam, de acordo com o clipe enviado ao Twitter.

“Minhas emoções tiraram o melhor de mim”, o professor foi citado. “Estou refletindo [sobre minhas ações]”.

Após o incidente, a escola apresentou um relatório com o Conselho Metropolitano de Educação de Tóquio. “Não é possível confirmar se [o vídeo] é genuíno, mas é consistente com os detalhes que recebemos da escola”, disse o conselho de educação.

Segundo a escola, o professor, com 50 anos, é o chefe de uma seção de aconselhamento. O incidente ocorreu depois que ele e o menino, aluno do primeiro ano, discutiram. O menino sofreu um corte no interior da boca.

“Eu sempre disse aos professores que a punição corporal não é permissível”, disse Shingo Nobuoka, diretor da escola. “Eu gostaria de oferecer um pedido de desculpas ao aluno.”

Dois dias após o incidente, a escola pediu desculpas ao menino e seus pais. No entanto, o aluno se recusou a aceitar o pedido de desculpas.

Em uma reunião, a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, disse na sexta-feira que esteve envolvida na preparação de diretrizes para o treinamento nas escolas. “À luz disso, é lamentável que tal situação tenha acontecido”, disse Koike.

A diretoria de educação considerará uma punição no caso quando todos os fatos forem confirmados.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *